Notícia

FANTÁSTICO: CASAMENTO NO DIVÃ – PESQUISAS POR ‘DIVÓRCIO’ EXPLODEM NA PANDEMIA; VEJA DICAS PARA SALVAR RELAÇÃO

Tags:
Publicado em: 28/09/2020
Compartilhe

Muita gente quis saber mais sobre o assunto. Na internet, as buscas por ‘como entrar com um pedido de divórcio’ aumentaram 3.650% nos últimos seis meses. E termos relacionados ao tema tiveram crescimento vertiginoso – mais de 5.000%

Casamentos, namoros e relacionamentos em geral sempre tiveram desafios, mas 2020 parece ter sido a prova de fogo para muitos casais brasileiros. Seis meses de pandemia, de hiperconvivência, de reparar no que não era reparado. A reportagem especial do Fantástico faz um raio-x dos casamentos depois de seis meses de pandemia. Casais convivendo de forma mais intensa passaram também a brigar mais. Segundo o Colégio Notarial do Brasil, os pedidos de divórcios extrajudiciais registrados nos cartórios de todo o país cresceram 16% na comparação entre julho de 2019 e julho de 2020.

Não foram só as separações que dispararam na quarentena. Muita gente quis saber mais sobre o assunto. Na internet, as buscas por ‘como entrar com um pedido de divórcio’ aumentaram 3.650% nos últimos seis meses. E termos relacionados ao tema tiveram crescimento vertiginoso – mais de 5.000%. Mas será que tem jeito? Muitos destes casamentos ainda não estariam em tempo de serem salvos?

Clique aqui e veja a reportagem.

Fonte: Fantástico

Leia também

Anulação de casamento. O que é isso?
Notícia

Anulação de casamento. O que é isso?

Muitas pessoas sonham durante a vida inteira com o dia do casamento. Conhecer uma pessoa especial, ter um relacionamento e dar um passo adiante na vida a dois acaba sendo um movimento natural na vida da maioria das pessoas. Infelizmente, algumas vezes, o sonho...

10 motivos para fazer escritura de união estável
Notícia

10 motivos para fazer escritura de união estável

A união estável é configurada pela convivência pública, contínua e duradoura com o objetivo de constituição de família. Vale lembrar que desde 2011, o Supremo Tribunal Federal (STF) atribuiu à união homoafetiva os mesmos efeitos da união estável heteroafetiva. Nos...